Você está navegando por: Notícias Política

Campo Maior: Vídeo postado no Youtube gera polêmica e nota da assessoria do prefeito contesta.

Publicada em 18 de Janeiro de 2011 às 21h21 Versão para impressão

Campo Maior: Vídeo postado no Youtube gera polêmica e nota da assessoria do prefeito contesta.

Um vídeo postado no Youtube nessa semana virou motivo de muitas de discussões na cidade de Campo Maior e simpatizante dos candidatos a prefeitos, fazem deduções e tentam adivinhar se é verdadeiro ou se é falso.

Nesta terça feira, 18, a assessoria da prefeitura contesta e afirma que o advogado entrou com representação, para que vídeo seja retirado e afirma ainda que vereadores citados vão entrar na justiça tentando processar quem postou tal vídeo.

Veja a nota na integra.



Apoio de vereadores gera embate para prejudicar campanha de candidato do PT


O advogado Alexandre Nogueira (foto) entrou, nesta terça-feira (18), com pedido na Justiça Eleitoral para tirar da web e proibir qualquer forma de exibição do vídeo que foi posto na internet de forma ofensiva para prejudicar a campanha do candidato a prefeito Paulo Martins (PT).
Segundo Alexandre o vídeo foi feito sem nenhuma identificação, sem aúdio, uma espécie de montagem forjada com edição mal elaborada. "Entrei com uma representação eleitoral com pedido de liminar para que o juiz impeça a exibição do vídeo na internet ou em qualquer veículo de comunicação até porque não se é permitido pela lei esse tipo de veiculação no periodo eleitoral que estamos vivendo, pois se vale de calúnias para prejudicar o candidato Paulo Martins”. disse Alexandre

“Os envolvidos no vídeo também ajuizarão uma ação de indenização por danos morais objetivando preservar as suas respectivas imagens, pois houve claramente uma montagem para lhes prejudicar", acrescentou o advogado.

O Vereador Marco Pereira falou com a imprensa disse que o video foi elaborado para prejudicar o posicionamento dele em apoiar o candidato a prefeito do Partido dos Trabalhadores. O vídeo não mostra em nenhum momento sua voz ou fala, ele e o seu colega Luis Lima prefeito interino acionaram as suas assessorias jurídicas para adotarem as medidas legais cabíveis para resguardar as suas respectivas imagens de homens públicos que são e responder de imediato a sociedade campomaiorense sobre este fato.

Marco Pereira disse ainda que o deputado Paulo Martins nada tem relacionado a está situação, lamentou o ocorrido e disse que vai continuar trabalhando com dedicação, ética, moral que tem como médico e vereador, sem mudar seu posicionamento de forma alguma, e que isso é uma baixaria típica de quem está vendo um adversário eleitoral se distanciar na preferência popular, por isso ele não acredita que isso vá mudar a decisão de voto das pessoas que acreditam no melhor para Campo Maior, finalizou o vereador. O vídeo veiculado não se trata apenas do simples relato de fatos, mas também de nítida formação de juízo próprio com a intenção de formar convicção na grande massa, confundindo-se a opinião do público com condenação pública sumária, aliás pública no sentido literal da palavra face à enorme abrangência que enfaixa o veículo. Acusa-se, valora-se tendenciosamente as provas e julga-se sem a devida legitimação para tanto.










A mídia na atualidade, em face da abrangência e rapidez dos meios de comunicação, tem o poder de, em poucos segundos de explanação, materializar falências, destruir carreiras e arruinar reputações, patrimônios muitas vezes construídos ao longo de gerações. É preciso, portanto, que pratique qualquer forma de divulgação com responsabilidade.


Fonte/Autor: cmn40graus.com  |  Edição: A redação

Comentários (5)

  • 20/01/2011 às 01h20

    É Tiago que país é esse mesmo?!.. onde um vídeo fala por se só sem direito de resposta, que os vereadores estão recebendo dinheiro é verdade..se é honesto ou desonesto.nem eu e nem vc sabemos, agora o que me intriga é que além de não ouvir nada, querem que acreditemos que Maurício Melo, Paulo Martins estão envolvidos..o que eu tenho a dizer é o seguinte: Está aparecendo as mãos verdadeiras e mais dois mandatos vão se escorrer pelas mãos..marido e mulher vão perder seus mandatos, por irresponsabilidade dos outros, ...daqui a poucos dias você vai saber o que realmente significa esse vídeo, e o irresponsável que colocou só pensou em prejudicar o Paulo Martins e acabou prejudicando outras pessoas, assim como o vídeo do Governador Wilson que por irresponsabilidade dos outros corre um enorme risco de perder o mandato, agora com esse ai é cassação na certa, porque os vereadores já abriram o jogo do que se trata, revelaram quem paga e porque pagam, e foi na prefeitura no mandato do então ex-prefeito, o mais legal é que o vídeo tem data e mostra com perfeição a pessoa que dar o dinheiro, no vídeo realmente Tiago os vereadores são corruptos, mais você já viu o original? com certeza não..então deixe pra tirar conclusões com provas concretas e não com algo tão forjado...aguarde e a verdade vai aparecer ai você vém aqui e julga os outros, mais se basei em fatos concretos..deixa a PF divulgar tá ok?

    Rosa Amélia Visgueira, Teresina-PI
  • 19/01/2011 às 21h50

    Minha gente deixem de se fazerem de burros. A realidade é que dois vereadores de Campo maior estão recebendo pacotes e mais pacotes de dinheiro e isso é claro na filmagem. Não interessa se a legenda descreve certo ou não as palavras. O certo mesmo é que Marco e Luis Lima são akelas criaturas que aparecem no video, recebendo propina. Isso já basta! Que pais estamos???

    Tiago, Campo Maior-PI
  • 19/01/2011 às 11h35

    Então passe a falar do que vc ver e ouvi, todo trabalhador é digno de seu dinheiro, se tirarem a música e eu ouvir que eles falaram o que está legendado ai tudo bem, mais nesse vídeo não prova nada ..e esses 60.000, são contados com tanta facilidade não? em menos de 1minuto de meio, isso foi ilário e que diabos tem haver que o Paulo Martins "já distribuio as secretarias", nem prefeito ele é..é preciso ser muito mané pra acreditar, aliás mais do que isso. Acho engraçado é que o vídeo apareceu agora, o pior depois do enorme crescimento de um candidato, mais engraçado é citar o nome do mesmo, como se ele fosse prefeito da cidade, se eles tivessem realmente falado o que a legenda disse vc acha que eles não teriam deixado o audio? é tão mal feito que chega a ser ridículo imaginar que alguém acredite, é por essa razão que tem muita gente sendo processada, pela pura falta de inteligencia...Falam o que não sabem, escultam o que não ouvi...e por ai vai..

    Raimundinha Alvarenga, Campo Maior-PI
  • 19/01/2011 às 11h17

    segundo as pessoas inteligentes e inteletuais e a justiça condena o video como uma fraude pois nao tem nenhum valor juridico,pois nao tem audio e nao passa ninguem recebendo dinheiro apenas contando e de acordo com a justiça ainda o video é interpretado como uma forma de pagamento dentro da prefeitura ainda na gestão anterior, isso devido a periciias na data do video. Ora que interesse tinha o Mauricio Melo de pagar e filmar dentro da prefeitura?quem dirá dep. Paulo Martins que nao tem nada a ver com a situação,porque ele so vai ser prefeito apartir do dia primeiro de fevereiro de 2011.

    JF2012, Campo Maior-PI
  • 19/01/2011 às 07h39

    BOM SE É O ACORDÃO DA CAMARA NUINGUEM SABE. MAS QUE É DINHEIRO QUE ESTÃO RECEBENDO, HA ISSO NAUM TEM DUVIDA. O QUE ESTA EM JOGO NAO É A EDIÇÃO MAS O MOMENTO EM QUE PASSA OS VEREADORES CONTANDO E RECEBENDO DINHEIRO. SERÁ O SALARIO DELES QUE ELES ESTÃO RECEBENDO EM MÃOS? ORA FAÇA MIL FAVORES. O POVO NAUM É IDIAOTA NAUM. CAMBADA DE MERCENARIOS. FORAM PEGOS NA PROPRIA RATOEIRA...

    DINHEIRO, Campo Maior-PI
  • Veja os últimos comentários do CMN40Graus
Comentário

Comente


Veja também

Administradores: Assis Lima e Raimundo Abreu - Contatos (86) 9422-4440 e 9988-1495 - MSN:cmn40graus@hotmail.com - Notícias para: redacao@cmn40graus.com